A Parede

Seu Zé Mané, o senhor me desculpe de eu falar, mas essa parede tá ficando um pouco torta e fora de prumo...
Ah seu Tião, não se preocupe não, a gente acerta quando emboçar.
Seu Zé Mané, o embôço não tirou o defeito da parede como o senhor me afirmou...
Tem problema não seu Tião, a gente conserta com a massa.
Seu Zé Mané, a massa não deu para reparar o defeito da parede...
Eh seu Tião, nós somos profissionais, depois que a gente pintar, a parede vai ficar certinha, certinha.
E agora seu Zé Mané, o senhor terminou o trabalho da parede, não terminou ?
É, terminei.
Pois é, e ela continua tão torta e fora do prumo quanto quando eu o alertei da primeira vez, como é que a gente fica ?
Bem seu Tião, só se derrubar e fizer novamente, o senhor quer que a gente derrube ?
O senhor quer receber pelo trabalho seu Zé Mané ?